Gatos pretos
    Animais     Gatos     Os gatos     Gatos pretos
 
   Cães
   Cães
   Raças de cães
   Cuidados e alimentação

   Gatos
   Os gatos
   Alimentação dos gatos
   Cuidados de gatos
   Gatos pretos
   Imagens de gatos
   Raças de gatos

   Cavalos
   Os cavalos
   Raças de cavalos

   Mamíferos
   Coelhos
   Elefantes
   Esquilos
   Hamsters
   Lobos
   Macacos
   Morcegos
   Ursos

   Mamíferos marinhos
   Baleias
   Focas
   Golfinhos
   Orcas

   Felinos
   Leões
   Leopardos
   Linces
   Tigres

   Répteis
   Crocodilos
   Iguanas
   Serpentes
   Tartarugas

   Mundo marinho
   Peixes
   Tubarões

   Aves
   Águias
   Pássaros
   Pinguins

   Insectos
   Borboletas
   Formigas

   Animais
   Animais famosos
   Cuidados de animais
   Curiosidades sobre animais

   Imagens
   Desenhos
   Fotos
   Fundos de Ecrã
   Imagens graciosas
   Gifs animados


Gatos pretos
68

Gatos pretosNos países Europeus, o gato preto sempre foi marcado pela superstição que remonta desde da Idade Média. Esta superstição remonta-se até aos nossos dias, em que ver um gato preto é para muitos um mau presságio. Mas, infelizmente, o gato tem sido a principal vítima desta superstição, com resultados por vezes trágica.

A multiplicação do número de raças de gatos domésticos é um fenómeno recente que se remonta apenas a uma centena de anos. O gato preto Europeu foi considerado como um gato amuleto dos Britânicos. Este gato tinha uma pelagem preta profunda e possuía uns olhos alaranjados escuros ou de cor cobre.

Mas a origem da lenda que diz que os gatos pretos representam o mal, não é culpa dos próprios gatos. No inicio, o gato era um felino selvagem. Na Europa, o gato-montês da Eurásia estava muito espalhado. Os seus olhos verdes dourados levavam-nos a serem perseguidos na Idade Média, tal como os homens que tinham olhos verdes ou cabelos ruivos, sinais (segundo se pensava nessa época) de relação com o diabo.

Os Cruzados utilizavam os gatos para lutar contra as invasões de ratos pretos que eles próprios tinham importado nos seus barcos depois de uma viagem ao Oriente. O gato se propagou. Converteu-se então no protector do Homem porque acabava com os ratos propagadores da peste. Durante as grandes epidemias, o gato era um aliado muito valioso.
Na Europa, em vez de ser adorado, o gato preto foi relacionado pelos Ingleses a crenças diabólicas. Desde da Idade Média, a Inquisição perseguiram os gatos pretos, associando-os com as bruxas. Queriam lutar contra os pagãos e durante essa luta inventou-se que a imagem deles era o gato era demoníaco. Simbolizavam o mundo das trevas e que desviavam o cristão do caminho correcto.

Em 1561, um processo acusava as mulheres de se transformarem em gatas para bruxarias. Estes processos acabavam sempre com a morte das acusadas mas também como a dos pobres animais que era julgados como pessoas.

Na Europa, durante o século XVIII é que as mentalidades começaram a evoluir, apesar de lentamente. Esta evolução deveu-se, sem dúvida, à importação do Oriente de gatos Angorá e gatos Persas. Em 1765, criou-se a primeira escola veterinário, uma revolução enorme que com a ideia de cuidar de um animal, o que era completamente nova. O estudo do mundo animal eliminou os maus rumores que havia sobre estes gatos inclusive.

Imprimir artigo Enviar artigo
Tags:   gatos
Contacto MundoEntrePatas.com. O teu portal sobre os animais: cães, gatos, esquilos, coelhos, hamsters...
Condições de uso